Notícias


Rio+20: Cedae e GMF lançam monitoramento à distância do consumo de água

Uma iniciativa inédita da Cedae permitirá a qualquer pessoa acompanhar o consumo de água durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio + 20, nos locais que sediam o evento.
Clicando aqui ou no banner disponível na nossa página inicial intitulado “Acompanhe o consumo de água na Rio + 20” será possível obter informações sobre o volume de água utilizado pelo público presente no Riocentro, no Museu de Arte Moderna (MAM) e no Parque dos Atletas, com hidrômetro digital e gráfico de consumo atualizado a cada minuto. O objetivo da companhia é estimular o consumo consciente, colaborando para a conservação do meio ambiente e para garantir a qualidade no abastecimento.
A atualização das informações é feita através de Sistema de Monitoramento Remoto de Consumo de Água, que utiliza tecnologia de telefonia celular digital GSM para transmitir os dados sobre o consumo via Internet aos gestores da Cedae. Esta tecnologia foi desenvolvida em conjunto por técnicos da Cedae e da empresa GMF e, além de garantir a medição do consumo, permite a supervisão permanente do abastecimento e fornece dados que permitem a detecção imediata de riscos como tentativa de fraudes, consumo excessivo e vazamentos.

Matéria retirada do site da CEDAE – publicado em 15/06/2012

 

Projeto de leitura com emissão e entrega simultânea das contas

Por Daisy Menezes e Vitória Padrão

A Nova CEDAE – Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro – Brasil, tem como estratégia incessante o aprimoramento de seus serviços, na busca da manutenção da viabilidade econômica e financeira da empresa, e com o foco permanente na melhoria dos serviços prestados a seus clientes, especialmente com novas tecnologias que lhes proporcionem maior conforto e confiabilidade.

Nesse contexto, a Gerência de gestão Comercial, em estreita parceria com empresas contratadas, detentoras de expertise, desenvolveu e implantou, a partir de setembro de 2005, um projeto para aperfeiçoar o sistema de medição com tecnologia avançada, desencadeado um rol de resultados, como a redução dos índices de perdas de faturamento, proteção do faturamento e melhoria do atendimento de seus mais de 1,4 milhão de clientes.

As empresas selecionadas como parceiras e contratadas para enfrentar o desafio foram os consórcios Acqua-Rio (constituído pelas empresas GMF – Gestão de Medição e Faturamento Ltda. e Sanear Engenharia e Construções Ltda.) e Novoperação (constituído pelas empresas Delta Construções S/A e Emissão engenharia e Construções Ltda.).

A GMF – Gestão de Medição e Faturamento Ltda. foi imcumbida do desenvolvimento de sistema em arquitetura Web 3 camadas para migração do ambiente atual e suporte técnico à operação de toda infraestrutura necessária em ambas as plataformas. Já os Consórcios tiveram, como papel, a prestação de serviços de desenvolvimento e implantação d projetos para otimização do sistema de medição, faturamento e arrecadação com gerenciamento e operação de ações comerciais, cada qual com uma determinada área geográfica de atuação, completares entre si.

Os serviços englobados nesses seguimentos foram:

- Leitura de hidrômetros com entrega simultânea das contas;  
- Roteirização;
- Recadastramento de Consumidores;
- Caça Fraudes;
- Instalação, Substituição e Dimensionamento de Hidrômetros;
- Corte de Abastecimento de Água.

O faturamento da companhia teve uma melhoria significativa em virtude das várias ações implementadas pelos setores envolvidos, da implantação da leitura simultânea até hoje, houve um incremento de 40% no faturamento. O novo perfil do faturamento e arrecadação tem se mostrado constante e positivamente crescente, o que assegura resultados positivos na proteção da receita operacional. A CEDAE conta, em julho/2010 com o faturamento de R$ 306 Milhões, pelo consumo aferido em mais de 1,4 milhão de ligações cadastradas nos 64 Municípios com os quais a empresa mantém convênios de prestação de serviços de abastecimento d’água e/ou esgotamento sanitário.

Texto parcial da matéria da revista Metering Internacional – América Latina. Edição 2/2010. P. 27/28